sábado, 24 de fevereiro de 2018

MORTE

"Bom. Eu acho que estou morrendo. Na verdade eu tenho certeza que estou morrendo, todos estão. Mas digo, acho que o meu tempo é curto. Eu pensava que era impossível ver ou sentir a morte, mas tenho a sentido bem perto. As vezes chego a pensar que ela finalmente vai me alcançar. Se eu realmente estiver certa, sinto em dizer que não fiz tudo o que queria fazer mas não posso questionar tudo o que acontece. Dizem que quando estamos morrendo a nossa vida inteira passa diante dos nossos olhos. Acho que o momento exato da morte é pequeno demais para que dê tempo de passar todo o filme da nossa vida bem na frente dos nossos olhos. Acho que a morte é lenta. Quando Deus ou sei lá quem puxa a senha e determina que aquela é a nossa hora de morrer, creio que é nos dado um tempo para pensar, refletir e se dar conta que a morte está a espreita. 
Eu tenho visto toda a minha vida diante dos meus olhos. Eu a revejo sempre, a todo momento e penso... Penso tanto que me canso de pensar. Vejo o que fiz, todas as coisas boas e bobas. Me arrependo de algumas e me arrependo por não ter feito algumas coisas. Acho o arrependimento uma idiotice pra ser sincera. Nada que fizemos, a menos que tenha sido forçado, deve fazer parte da lista de arrependimentos. É uma idiotice mas é a idiotice que eu vivo todos os dias. Enquanto estou aqui eu sobrevivo. Eu existo mas nem de longe alguém acharia que estou vivendo."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

---------------------------
Windows Internet Explorer
---------------------------
Now press Ctrl+V to paste your code where you want it to go.
---------------------------
OK
---------------------------